quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Pra começar... Buenos Aires do Futebol!

Perdoem-me as mulheres que leem este blog, mas hoje o post é sobre futebol. O futebol porteño. Que por sinal é muito semelhante ao nosso. Especialmente com o futebol gaúcho, seja dentro de campo, nos dirigentes corruptos e nas torcidas apaixonadas.

Tive o privilégio de assistir River Plate x Rosário Central, no enorme Monumental de Nuñez, pelo Clausura. O ingresso mais barato custa 30 pesos (mais ou menos 15 reais). O principal jogador do River - o veterano Ortega - não jogou porquê estava de ressaca. Sim, é comum ele beber todas e não ter condições de jogo. Algo semelhante ao Romário, Adriano e Ronaldo, por aqui. Após o término da partida, por medida de segurança, é necessário aguardar meia hora para que a torcida adversária vá embora. Seja o jogo que for. A única coisa chata é que terminou 0 a 0. Não vi nenhum gol...

Mas a torcida, não pára um minuto...

video

Não poderia deixar de conhecer, também, a famosa Bombonera - estádio do Boca Juniors. Infelizmente, nos dias em que fiquei na cidade, o clube jogou fora de casa. Restou-me um tour pelo estádio vazio e no museu. Nada mal, aliás. Conheci um estádio como nem o do meu time eu conheço. Desde o gramado até o vestiário dos jogadores. Muito legal. É realmente uma caixa de bombom. "Chiquita". Parece uma quadra de futebol sete. Porém muito bonita e conservada, além de aconchegante. A proximidade com o gramado também encanta. Você fica a cerca de um metro dos jogadores. Duvido que algum jogador não trema ao entrar naquele estádio lotado, por mais experiente que seja.


Tentei resumir essas duas experiências que foram inesquecíveis para mim, mas com certeza tem muito mais coisa pra contar.



Bom final de semana!

5 comentários:

Ju disse...

É....Futebol porteño muito semelhante com o nosso sim...totalmente diferente da partida que fomos para assistir o Peñarol no Uruguai...onde a arquibancada era um silêncio só que dava inclusive para cochilar.

Que venham os próximos posts...esta sendo ótimo recordar essa viagem inesquecível que foi Bs As.

Besos

Luzzi disse...

Cara. que passeio hein!!!
Como eu te disse, tô com uma inveja absurda de tí... mas no bom sentido é claro!!!

Estou esperando mais relatos desta viagem...

Perguntas
1) É tu que estás empunhando um guarda chuva no final do vídeo?

2)É tu que aparece na foto fazendo uma saudação a Hitler?

Minuto do Intervalo disse...

Respostas
1) Sim, soy yo! Hehehe...chegamos duas horas antes do jogo e tava um sol muito forte, ao contrário do que estava previsto: chuva. Serviu do mesmo jeito...hehe!

2) También soy yo! Estava onde fica a torcida La 12 e tive que alentar um pouquinho...hehehe!


Abraço!

Rodrigo disse...

Bueno, a última vez "que estivemos em La Bombonera", fizemos chocolate de Palermo e Riquelme".. hahahha

Mas legal esse passeio. Mas uma curiosidade: Tu pagou para visitar as dependências?

Um abraço!

Minuto do Intervalo disse...

Buenos Aires vive muito do turismo. Tudo se paga por lá. O Boca Juniors, especialmente, se aproveita muito disso. Possui um forte marketing.

Tive que desembolsar 35 pesos (R$17,50) para conhecer todas as dependências do estádio, incluindo gramado e vestiário, mais um tour no museu do clube.

Para mim, valeu o investimento.

Abraço!