quinta-feira, 30 de julho de 2009

Eu e ela...

Em nossa primeira noite juntos, a sós, éramos como um casal de apaixonados.

Eu estava eufórico.
Ela estava estática.

Eu estava quente.
Ela, no início, muito fria.
Com o passar das horas, as coisas começaram a mudar, e a esquentar.

Eu estava de pijama.
Ela, toda de branco. Coberta de retalhos.

Eu, não muito acostumado, senti-me pequeno perto da sua grandiosidade.
Ela, espaçosa, pouco teve de mim.

Eu, durante toda a noite, não falei nada.
Ela, indiferente, também não.

Eu acordei desconfiado. Com medo de um possível arrependimento.
Ela voltou a esfriar com a minha saída. Mas permaneceu lá, a me esperar para a próxima noite.


Satisfeito. Essa pode ser a palavra que define a minha primeira noite a sós com ela...a minha cama nova.

5 comentários:

Rodrigo disse...

Eu não presto!

Pensei se tratar de alguma poesia romântica...

Muito bom!

Um abraço.

Deh Bee disse...

uhauauauha
adorei!

Ju Souza disse...

Muuuuuuuuuuito bom!!! ADOREI!!!

Ana Paula disse...

Eu presto menos! rsrsrs

João Carlos Junior (John) disse...

Show... tu tah d + loko, muito bom!!!