terça-feira, 24 de março de 2009

Complicada e perfeitinha

Meu irmão, 11 anos, está naquela fase em que as meninas deixam de ser inimigas e passam a ser namoradas. Até o ano passado ele brigava com as colegas. Agora, está começando a entender por que os adultos sofrem.

Lembrei dos meus 11 anos, quando também passei por essa transformação. Ao mesmo tempo em que tudo é tão igual, muitas coisas são diferentes. As preocupações, principalmente. Não usava msn, orkut, celular, enfim. Via a pessoa apenas no colégio. A comunicação, quando havia, era por carta. Hoje em dia tudo é mais fácil. E mais complicado.

Quantas vezes, hoje em dia, uma conversa no msn ou um recado no orkut já atrapalhou e até terminou um relacionamento? Esse é o lado negativo da comunicação em excesso. Embora você tenha a possibilidade de falar mais com as pessoas, justamente essa aproximação demais prejudica. Cada vez menos sentimos saudades. Não precisamos esperar ansiosamente pela manhã seguinte para vermos a tal pessoa. E o final de semana, então? Só na segunda-feira.

É necessário saber lidar com essas novidades. Aproveitar o que tem de bom e evitar ao máximo o que tem de ruim.

Ao meu irmão, desejo boa sorte. E ele vai precisar, para tentar entender as mulheres, digo, a comunicação em excesso!


Bem-vindo ao clube!

6 comentários:

João Carlos Junior (John) disse...

Show o texto brother "como de costume".

Realmante, no tocante da saudade concordo plenamente.

Abrass!

Aline disse...

Hahaha! As meninas são quem mais sofrem afinal sempre são mais maduras e até os meninos conseguirem compreendê-las um pouco...ish, lá se vai muita comunicação.

Matheus "o irmão de 11 anos ¬¬" disse...

aff diego, pra quê isso ¬¬'

tuu me ama eu acho ;/


tiira isso ;@

MARIUS QUIRÓZ disse...

Boa Diego! No início do texto parecia um velho de 40 anos escrevendo! Tu Também és do tempo da carta? Nossa!

A tecnologia revolucionou a comunicação. Nada mais será como antes. As pessoas estão praticamente monitoradas por celular, orkut e outras invenções humanas.

O grande desafio não é decifrar as mulheres (isso é impossível), mas sim administrar tanta tecnologia para a comunicação.

Parabéns pelo belo blog.

Luzzi disse...

Cara, concordo contigo sobre a questão da comunicação... queremos fazer tudo ao mesmo tempo, por isso parece que o tempo voa!!!

E outra... era massa esse tempo das cartas, ou então de ficar falando com a gatinha e contando os minutos no telefone convencional para a conta não dar muito caro, inclusive eu só podia ligar depois das 21... hehehehe!!!

E hoje nós estamos aí com a nossa vida aberta a todos (por uma opção nossa é calor)!!!

*Raíssa disse...

Eu superei esse problema com os meninos antes que a maioria, mas só comecei a ficar com ele muito tempo depois porque era super tímida.

A tendência hoje em dia é as crianças se pegarem cada vez mais cedo. Fico espantada com as garotinhas de hoje em dia...

Orkut ajuda no começo, mas atrapalha depois um tempo. O problema é a neurose que ele causa por causa das pessoas sem noção qe dão em cima dos/as namorados/as alheios/as.

Beijos!