domingo, 1 de março de 2009

Blogs pagos

Cada vez mais a publicidade precisar inovar e achar novos meios para persuadir seu público-alvo. Além disso, percebe-se que mídias tradicionais estão perdendo força no quesito relacionamento com prospect, fazendo com que empressas optem por ações de mídia alternativa.

Eu gosto de trabalhar com essa idéia nova, embora algumas situações exigam um espaço publicitário tradicional. No semestre passado fiz um trabalho acadêmico em grupo, onde tinhamos que propor uma estratégia de divulgação de um produto inédito no mercado. Liguei para alguns jornais de Porto Alegre para pesquisar preço, e a brincadeira sairia em torno de R$ 70.000,00 para quatro anúncios. Então pesquisei custos para realizar quatro ações alternativas e isso saiu em torno de R$ 34.000,00.

Ou seja, gastaria com ações onde o público-alvo iria relacionar-se com o produto, menos que a metade do que gastaria para disponibilizar uma mensagem parada onde correria o risco de meu prospect nem ler.

Os blogs também entraram na mira da publicidade. Mas não apenas disponibilizando banners ou pop-outs. Assim como na televisão, onde cada vez mais cresce o merchandising em relação a anúncios no intervalo - e a tendência é maior ainda com a TV Digital - existem blogueiros que estão sendo pagos para comentar sobre serviços/produtos em suas postagens.

A prática gera polêmica. Uns defendem que o que tem demais ganhar um dinheiro extra? Outros defendem a opinião e o papel de um blogueiro, classificando os que praticam esse tipo de publicidade como vendidos e sem credibilidade.


E aí?

4 comentários:

*Raíssa disse...

Bom, eu não vejo nada demais em ganhar dinheiro honestamente, seja com o que for, inclusive com o blog. Fazemos tanto merchandising de graça a todo tempo, então qual o problema de receber dinheiro por isso?

Tive uma aula semestre passado onde meu professor citou um caso envolvendo blogs. Uma marca escolheu os melhores blogs em questão de conteúdo e público, mandou mini-geladeiras com a bebida dentro com um bilhetinho sem pedir para que eles divulgassem o produto, só falassem sobre ele se quisessem. E o resultado foi que todos eles adoraram e fizeram propaganda do produto e ainda exaltaram a marca em seus respectivos blogs. Quem não gosta de ganhar presente sem motivo né?

Beijos

Aline disse...

E aí que cada um faz o que quer. Cabe ao leitor/consumidor saber diferenciar! Tenhamos olhos críticos, minha gente!

PriSorriso disse...

Seja bem-vindo ao mundo da Web 2.0!

Anônimo disse...

Loosen [url=http://www.globalsba.com/online-invoicing.htm]how to make an invoice[/url] software, inventory software and billing software to beget professional invoices in one sec while tracking your customers.